Garanhuns, 08 de novembro de 2003
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Silvino está próximo da definição

Embora o quadro político em Garanhuns esteja completamente indefinido, o processo sucessório à prefeitura já foi desencadeado de vez na cidade. Surgem, a cada dia, novas opções para o eleitor, quando os partidos lançam seus pretensos candidatos ao Palácio Celso Galvão. É o período de se buscar adesões.

Com a definição do candidato da oposição, as atenções se voltam para o prefeito Silvino Duarte (PMDB), que apesar de boas opções, ainda não definiu o candidato da aliança composta por PMDB, PSDB, PP, PPS e PRTB. Entre os pretensos pré-candidatos do grupo de Silvino, o político que apresenta o maior poder de aglutinação é o atual presidente da Câmara, vereador Sivaldo Albino (PSDB). "Sivaldo tem força política para conseguir adesões, com reais possibilidades de ser o nome de consenso da aliança", disse a vereadora peemedebista Sônia Moreno.

Credenciado pela excelente administração que vem fazendo no Legislativo Municipal, e pelo seu poder de negociação, demonstrado durante a eleição pela presidência da Câmara quando venceu o pleito articulando com a oposição - o jovem vereador se apresenta pronto para a disputa. "O amplo trabalho que Sivaldo vem desenvolvendo na presidência da Câmara lhe credencia para disputar em igualdade de condições com os outros nomes da aliança", destacou a secretária de Educação, Girlane Santana. Aliado ao fator competência administrativa, a rejeição ao nome de Sivaldo (evidenciada nas últimas pesquisas) por parte da população é praticamente inexistente. "A rejeição popular é um fator que dificilmente se consegue administrar numa campanha", destacou o vereador Mazinho, integrante da bancada tucana na Câmara Municipal.

A pré-candidatura de Sivaldo ganha força a cada dia, pois conta com o apoio de três secretários municipais e quatro vereadores, inclusive os peemedebistas Zaqueu Lins e Sônia Moreno, assim como o progressista Zé de Vilaço, mas, se fortalece principalmente nas comunidades periféricas da cidade. "Estamos fazendo um trabalho de consulta junto à população, para que possamos fomentar um plano de governo, caso Sivaldo venha a ser o nome de consenso da aliança", confidenciou Carlos Roberto, presidente do PSBD no município.

Não obstante a apresentação do seu nome para a disputa, Sivaldo não descarta seu interesse em concorrer à prefeitura. No entanto, afirma que, seja qual for o candidato escolhido para representar o grupo do prefeito Silvino nas eleições de 2004, os partidos da aliança marcharão unidos. "Independente do nome a ser escolhido pelo prefeito, a aliança partirá unida para vencer as eleições", frisou. Todavia, o prefeito Silvino Duarte só deverá anunciar o escolhido no inicio do próximo ano, quando tomará por base os resultados de uma ampla pesquisa qualitativa, que possivelmente será desencadeada nos próximos dias. Até lá, resta aos pretensos candidatos continuar buscando adesões.