Garanhuns, 08 de novembro de 2003
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
ESPECIAL
 

Ofensiva no Sertão

O Programa Governo nos Municípios iniciou em Ibimirim, uma série de oficinas de integração com a população do Sertão do Moxotó e do Agreste Meridional, onde estão localizadas as 11 cidades com menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) de Pernambuco. Os encontros servirão para apresentar e discutir com a população e com as autoridades locais, propostas de intervenção com base nos Planos de Desenvolvimento Local Integrado. Nesta quinta-feira a equipe do programa estará em Caetés, no Agreste, e, na sexta-feira em Iati.

Os planos têm como meta definir projetos estratégicos e as prioridades para investimento, visando elevar os indicadores sociais nestes municípios, especialmente nas áreas de educação, saúde, infra-estrutura hídrica, produção rural e reforma agrária, projetos produtivos e de desenvolvimento urbano. Os projetos serão viabilizados em atuação conjunta, em sistema de mutirão, entre as secretarias estaduais e os governos municipais.

Já estão assegurados pelo Banco Mundial (Bird) recursos no valor de U$ 3 milhões cerca de R$ 10 milhões mais U$ 600 mil de contrapartida do Estado, para investimentos nos municípios de Manari, Ibimirim, Iati, Inajá, Itaíba, Tupanatinga, Paranatama, Águas Belas, Terezinha, Caetés e Saloá.

Os dados sócio-econômicos dos 11 municípios foram identificados nos 12 Planos Regionais de Inclusão Social, coletados em uma etapa anterior do Governo nos Municípios, através da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas (Condepe/ Fidem). Neles estão registrados dados sobre abastecimento d´água, esgotamento sanitário, economia, arranjos produtivos, além de estratégias para o desenvolvimento local e regional.