Garanhuns, 25 de outubro de 2003
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
SOCIEDADE
 

KITTY TOTAL

Kitty Lopes


ABAV

Com atrativos naturais de rara beleza, onde se destacam as praias e o conjunto de montanhas que pode ser observado de quase todos os pontos, a cidade maravilhosa é marcada pelo contraste do mar azul com o verde exuberante da vegetação tropical. E é também nessa cidade que está sendo realizado o 31º Congresso Brasileiro das Agências de Viagens, Abav 2003. A feira teve inicio na última quinta-feira e vai até amanhã. Mais de 18 mil visitantes e profissionais de turismo devem movimentar o setor nesse período.

Até o ano passado o Congresso era itinerante, a partir desse ano o Rio de Janeiro será sede permanente da maior feira de Turismo. Entre as muitas novidades na feira é que esta edição conta com uma área reservada para o turismo de aventura.

A festa de abertura no Forte de Copacabana com show da cantora Elza Soares, Orquestra Imperial e participação da escola de Samba Beija Flor foi prestigiada por muitas autoridades e jornalistas.

O stand da CTI Nordeste que abriga muitas das cidades com potencial turístico da nossa região tem recebido muitos visitantes, e claro que quem ficou de fora dançou. Muitos elogios para o stand da TAM.


FORA DE ÉPOCA

Cumprindo promessa de campanha o prefeito de Caruaru, Tony Gel ressuscita a Micaru que nessa edição vai se chamar Carueta. Espero que seja sucesso, pois é mais um evento para a região. No meu ponto de vista sem as atrações da axé music fica quase impossível atrair turistas.


COM O DEVIDO BRILHO

O casamento de Célia e Ivo Junior, filhos de Sonia Maria Stamford Gaspar e João de Almeida Gaspar, Edjenalva Santana e Ivo Tino do Amaral, dia 9 de outubro, na matriz de Casa Forte, no Recife foi um dos mais belos que assisti no último ano. Padre Edvaldo Gomes que é uma figura espetacular e muita querida na comunidade realizou uma bela cerimônia e mostrou para todos quanto pode ser emocionante e divertida uma cerimônia de casamento. A noiva estava belíssima num modelo branco com bordados em ouro e prata assinado pela estilista mineira Irma Rodrigues. Na cabeça uma maravilhosa tiara completava o belo, jovem e sorridente visual de Celinha, que foi conduzida ao altar pelo pai. A música foi um grande momento no casamento de Celinha e Ivo Junior.

Ivo Junior (lindíssimo num meio-fraque) entrou na igreja com sua mãe Edjenalva que estava muito bem num modelo em tons lilás de Roberta Imperiano (uma das melhores do estado), o decorador garanhuense Marcos Lima foi responsável pela decoração e confesso que é sempre uma surpresa ver como meu querido amigo inova e cria coisas belíssimas, ele usou e abusou de rosa e lírios brancos (todos vindos de São Paulo) na igreja, e mudou completamente na decoração do Cerimonial Rose Beltrão, lá o colorido das gérberas tomaram conta, num equilíbrio que só mesmo um grande mestre poderia conseguir.

Depois de uma chuva de grãos de arroz os recém-casados deixaram a igreja e foram os últimos a chegar no Buffet Rose Beltrão, onde foram recebidos pelos convidados com muitas palmas. A perfeita recepção foi alegre, não encobrindo toda sofisticação e pompa do evento. As mesas de doces e café eram verdadeiras esculturas e a de frios uma delícia à parte. Durante toda a recepção os convidados se deleitaram com a Orquestra Universal e ainda um show particular de um grupo folclórico português. Celinha foi ao palco e fez uma linda homenagem a Ivo Junior, acabou presenteando os convidados com uma linda e alegre canção. Edjenalva e Ivo Amaral demonstravam todo tempo quanto estavam felizes e faziam questão de supervisionar se todos os amigos estavam bem servidos.

A lista de padrinhos da noiva era formada pelos casais: Sonia Stamford e Evandro Magalhães, Suely Stamford e Irani Cunha Junior, Andresa e Celso Stamford Gaspar, Tânia e Newton Pereira Stamford, Serita Anne e Willian Pereira Stamford, Vera e Francisco Antonio Pereira Dias, Adelita Maria Stamford e Valter Farias, Gislaine e Glynne Pomposo da Silva, Daniela Freitas Pimentel e Daniel Dias, Gina e Lourival Gaspar. Na lista do noivo: Ângela e Abelardo Lopes, Tereza e Helio Oliveira, Ana Lucia Amaral (linda num modelo de Roberta Imperiano) e Rafael Amaral, Verônica e Plácido de Souza, Mônica e Nilo Almeida, Claudia e Efrem Caloete, Roberta Amaral e Luis Antonio G. de Melo, Taciana e Leonaldo Coelho, Ruth e Urbano Vitalino, Iracema e Francisco Borges.

Amigos garanhuenses que hoje têm residência na capital do estado juntaram-se aos daqui para assistir toda alegria do casal Edjenalva e Ivo Amaral num momento que tenho certeza da importância nas suas vidas. Entre os muitos que lá estavam anotamos: Cristina e Silvino Duarte, Dilma e Evilásio Padilha, Glória e Jurandi Araújo, Ângela e Milson Macedo, Emilia e Givaldo Calado, Lílian e Marcelo Moura, Marly e José Couto, Valda e Luciano Oliveira, Erinaide e Antonio Mendonça, Aparecida e Evandelin Costa, Marcilio Luna, Carmem Lucia Feitosa, Carminha Cavalcanti, Edelsia Notaro (que fez o belo buquê da noiva e das daminhas), entre tantos e tantos outros.

Foi com imensa alegria que fui assistir a esse casamento, além de ter um grande carinho pelos noivos, tenho o maior apreço e consideração a Edjenalva e Ivo Amaral, casal que tive o prazer de trabalhar, na época, ele prefeito de Garanhuns me convidou para assumir a coluna social do jornal O Monitor que pertencia a Prefeitura Municipal. Hoje Ivo Amaral é uma das maiores fontes jornalísticas que tenho, ele sempre alimenta a coluna com boas notícias, pois como bom garanhuense está totalmente ligado em tudo que acontece na cidade.

Os noivos passaram a lua-de-mel em Sauipe.


VERÃO

A grande pedida nesse verão é a Vila de Todos os Santos, montada na belíssima e charmosa praia de Maracaipe, no litoral de Pernambuco. O empresário Licínio Dias proprietário dos melhores restaurantes e bares do Recife leva para a Vila, versões de alguns deles. Com certeza o point de muita gente bonita e endinheirada.


FEIJOADA SOCIETY

O colunista social de Caruaru, Marcolino Junior recebeu inúmeros amigos que foram ao Clube Intermunicipal para festejar junto com ele os 10 anos de colunismo. Uma alegre, descontraída e charmosa festa foi organizada pelo colunista que manteve a tradição e ofereceu para todos mordomia total. O buffet de Maria José sob o comando de Péricles Vasconcelos serviu impecavelmente das 12 às 18 horas. A Orquestra Alternativa manteve dancing lotado, mas a grande atração foi mesmo Adilson Ramos com seus inesquecíveis hits que levou o animado público ao delírio.

Marcolino era só alegria principalmente quando foi homenageado pelo amigo Jotta Lagos com bolo dos dez anos. Por motivos de saúde não pude comparecer, meus filhos Hugo Leonardo e Larissa levaram meu carinho e abraço a essa criatura que eu tanto considero e respeito. Marcolino além de excelente profissional é um grande amigo, uma pessoa que conquistou seu espaço sem precisar das picuinhas próprias da profissão.