Garanhuns, 25 de outubro de 2003
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
COLUNAS
 

COLUNA DE ULISSES

Ulisses Pinto


PREFEITURAS - Segundo a "Voz do Brasil", de 20 do andante, existem no país, no momento, 5.575 cidades.

DOM EXPEDITO - No dia 13, realizou-se na Catedral de Garanhuns, às 19:30h, uma grande missa solene repletas de católicos, de "Reabertura do Processo de Beatização de Dom Francisco Expedito Lopes, 5º bispo desta Diocese o qual foi atingido pelo padre Hosana de Siqueira e Silva, pelas 18:30 a 1º de julho de 1957, no Palácio Eepiscopal, morrendo no dia seguinte às 2 e 15 da madrugada. O bispo mártir recebeu três tiros de revólver 32, carga dupla (2 no tórax e 1, no braço esquerdo). O projétil último, ainda o possuimos. Pelo "achados", fomos dar depoimentos, mas dissemos que a tinha perdido...

Nos livros de Taiza Brito e de Ana Maria Céesar, fala do assunto, respectivamente, "A confissão do Padre Hosana" e "A Bala e a Mitra". Ambos recebidos com carinhosas dedicatórias.

Estiveram na significativa missa concelebrada pelos bispos Dom Irineu, Dom Genival (Palamares), Dom Acácio (emérito dos Palmares, este filho de Garanhuns e ex-aluno do nosso Colégio Diocesano), os monsenhores Benevenuto (Palmeirina), Aldo Mariano (Garanhuns) e os padres Edvaldo, Sivaldo, Dom Gabriel, Dom Gerardo Wanderley (numa cadeira de rodas), Dom Mauro, João da Cruz, José Augusto (Quipapá, Geraldo de Oeiras, resp. O bispo Dom Augusto e o padre Frota, amigo nosso que agora parece com São Pedro. Hoje, é advogado, escritor. Ele ofertou a este colunista o seu belo livro "Amores em Revoada" (contos da vida cotidiana). Batemos um papo após a missa que durou mais de duas horas, com o dr. Luiz Edésio Lopes Solon, que reside em Fortaleza o qual é sobrinho de Dom Expedito Lopes. Falaram os bispos Acácio, Irineu e o padre Frota, este foi professor aqui na "terrinha" "Onde o Nordeste Garoa".

Foram e ainda continuam sendo distribuidos santinhos onde aparece duas fotos do grande bispo ordeiro e pacato ao contrário do seu matador Hosana que passou 11 anos, 2 meses e três dias na prisão, no Recife. Anos depois foi aasassinado na sua casa (sítio em Correntes, sua terra), talvez por um casal por motivo de dívidas de terras. Um dia antes do seu trucidamento ou seja a 6 de novembro de 1997, assistindo pela manhã, uma missa pela TV, ele fez queixa "que estaria jurado de morte". Até hoje, ninguém sabe quem foi ou foram seus matadores.

Quem desejar contar que recebeu benefícios espirituais de Dom Expedido, pode entrar em contato com a Cúria Diocesano local (fone 37610805. Fax também. Quem teve uma graça alcannçada também pelo Dom bispo trucidado, deve manter contatos com o Inst. das Missionários de N.S de Fátima (irmã Mirtes Araújo Correia, uma das baluartes de Colégio Mons. Adelmar Valença, desta cidade) está pronta para atendimento e outras figuras do Educandário aludido.

O fato é que o bispo perdoou o seu matador, antes de morrer. O perdão é uma das maiores virtudes do ser humano.

Esperamos que a Diocese de Garanhuns, obtenha êxito com o pedido junto ao Vaticano. Dom Acácio é o Postulador Causa.


DIOCESANO - Houve muitas festividades pela passagem dos 88 anos do Colégio Diocesano de Garanhuns, fundado em 1915, pelo cônego Benígnio Lira.

A Diretora da Ass. do Ex-aluno, foi prorrogada. Apenas Ulisses Pinto, que estudou no Diocesano (1933-38), entrou noi setor de Rel. Públicas.

No dia 12, realizou-se a tradicional missa pela manhã sendo celebrante o bispo Dom Irineu Roque Scherer. Na ocasião, houve homenagens aos diretores do passado, falando entre outros, o prof. Albérico Fernandes, Diretor do "Gigante Monsenhor Adelmar da Mota Valença", o guia espiritual do "mais querido". Uma feijoada coroou a festividade tendo comparecido alunos e alguns ex-alunos, inclusive esse "cara" que escreve esta "coluna do meio".


POLÍTICA - Desmentiram comentários sobre o possível apoio do vice Márcio de Barros Quirino ao candidato declarado a prefeito de Garanhuns, médico Bartolomeu Quidute (PTB), a própria autoridade e o deputado Izaías Régis (PTB).

- O Prtido Verde, lançou recentemente a candidatura do amigo Adolfo Lopes, ex-vereador de Brejão. O mesmo é irmão da colunista Kitty Lopes, bela como sempre.

- Segundo o vereador Joaci Laurindo, o PSDB tem como candidato ao Palácio Celso Galvão, o presidente do nosso Poder Legislativo, Sivaldo Albino.

- O PFL, acontece a mesma coisa. O dr. Jorge Branco Neto, é o indicato para ocupar o cargo atualmente em poder do dr. Silvino Duarte.

- no momento, ninguém poderá dizer quem será o futuro prefeito deste município, através das vindouras eleições de outubro de 2004.


CARLOS ANDRÉ - Através de uma comovente despedida, o "badalado" padre Carlos André, fez uma nova viagem a Roma, a fim de continuar novos estudos. Falou de algumas pessoas amigas, inclusive o prefeito de Brejão e o promotor Alexandre que alguns amigos, o lançaram como postulante a prefeitura local.