Garanhuns, 1º de março de 2003
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Entrevista
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Izaías tem gabinete com estrutura familiar

Na campanha política do ano passado, o então candidato Izaías Régis acusava o prefeito Silvino Andrade de querer montar um "condomínio familiar" em Garanhuns, por conta da candidatura da primeira dama Aurora Cristina. Eleito com mais de 43 mil votos para a Assembléia Legislativa, o presidente da Associação Comercial não deu o apoio devido a algumas pessoas que o ajudaram na campanha, como o radialista Marcos Cardoso e o administrador de empresas Alfredo Góis, mas colocou no seu gabinete, no Recife, uma filha sua (do deputado) e um filho do ex-prefeito Bartolomeu Quidute .

Albérico Quidute, filho de Bartolomeu, foi nomeado assessor especial do gabinete de Izaías, cargo que tem o símbolo PL-ASC, com uma gratificação de 50,5%. O salário bruto totaliza R$ 2.103,25. Já a filha de Izaías, a jornalista Isly Viana, indicada secretária parlamentar do pai, símbolo PL-SPC, com uma graficação de 54,7%, tem remuneração mais modesta, de R$ 900,80.

A maioria dos assessores do deputado do PSB na capital pernambucana foi indicada pelo deputado federal Armando Monteiro, inclusive o chefe de gabinete, advogado Wilson Correa de Araújo Neto e o assessor especial Bruno Dourado Macedo. O primeiro, que ocupa o cargo de símbolo PL-CGC, com gratificação de 28,9%, terá uma remuneração mensal de R$ 2.401,84. O segundo, também com formação em Direito, símbolo PL-ASC, graficação de 53,9%, ganhará por mês R$ 2.150,00.

Outros desconhecidos do povo de Garanhuns são os assessores especiais Alcides Rodrigues da Silva, Ivone Maria da Silva, Maria de Fátima de Farias, Carla Fernanda Silva Freire, José Quintino Alves, Roberto Queiroz e a assistente parlamentar Júlia Araújo de Oliveira. O menor salário desta turma é justamente o de Júlia, de apenas R$ 316,75 e os maiores são os de Carla Freire, Alcides e Roberto Queiroz, que, já incorporadas as gratificações totalizam R$ 3.074,52, R$ 2.406,51 e R$ 2.438, respectivamente.

Além do filho de Quidute e da filha de Izaías, o gabinete do deputado incorporou ainda duas pessoas de Garanhuns em sua estrutura: José de Abreu Cavalcanti Júnior, proprietário de um açougue na cidade, que será assessor especial com salário de R$ 2.347,81 e Roberto Ivo, integrante da Associação Comercial,, também assessor, com salário idêntico.

Outro nome da equipe, igualmente nomeado como assessor especial é Antônio Carlos Souto, símbolo PL-ASC, gratificação de 46,7% e salário de R$ 2.050,14. Carlinhos da Prata, como é conhecido carinhosamente pelos amigos, é natural de Saloá, mora em Garanhuns e fez um trabalho importante na campanha de Izaías Régis, resolvendo os problemas surgidos em todas as cidades da região na área de saúde.

No gabinete do deputado do PSB, Carlinhos vai justamente atender o povo do Agreste, uma vez que João de Abreu e Roberto Ivo devem continuar em Garanhuns, enquanto as outras pessoas nomeadas não conhecem o povo desta região do Estado.

Os salários divulgados nesta matéria correspondem aos cargos e funções , dentro do organograma da Assembléia Legislativa. É comum nos gabinetes dos parlamentares se fazerem arranjos e o dinheiro recebido por um ser dividido de outra maneira. No caso de Izaías, existem informações que alguns dos nomeados são "laranjas" e um político de Garanhuns teria direito a R$ 4 mil por mês na divisão desse bolo.