POLÍTICA

 

Garanhuns prestigia posse de Lula

Quarenta e oito moradores de Garanhuns, Caetés e algumas outras cidades do Agreste Meridional pegam um ônibus em direção a Brasília, neste domingo, dia 29, para prestigiar a posse de Luiz Inácio Lula da Silva na presidência da República. A caravana será integrada por 20 parentes do ex-líder metalúrgico, o prefeito Zé da Luz, o ex-vereador Marlos Duarte (coordenador da viagem), o ex-prefeito de Angelim, Samuel Salgado e um grupo de jornalistas locais, do Recife e de outros Estados.

Os mais ansiosos com a viagem são os primos de Lula, que nunca foram à capital federal e estão indo pela primeira vez justamente para ver o parente ilustre ser empossado na presidência. O prefeito de Caetés, Zé da Luz, avisou aos integrantes da família Silva que em Brasília será muito difícil ter oportunidade de conversar com o líder petista, mas nem por isso os primos estão desanimados e alguns estão levando até umas "lembrancinhas" na mala.

- Se eu não conseguir ver Lula eu entrego pelo menos ao Frei Chico, que é irmão dele - anuncia Antônio Ferreira, primo legítimo de Lula, um dos que está seguindo na caravana para Brasília. Ele pretende levar uma sandália de couro para o presidente e não abre mão também de um "bodinho assado" que deverá ser comido na viagem.

O editor do Correio Sete Colinas, Roberto Almeida, também estará na caravana, cobrindo a viagem para a Rádio Marano. Ele viaja com patrocínio exclusivo da própria emissora e apoio do prefeito Silvino Andrade. Da imprensa de Garanhuns ainda estarão presentes o radialista Marcos Cardoso, que fará a cobertura para a FM Sete Colinas e o repórter fotográfico Hélder Carvalho.

Da imprensa estadual e nacional devem estar no ônibus da Transtil a repórter Beatriz de Castro, da Rede Globo, a jornalista Ângela Lacerda, do Estado de São Paulo, além de enviados especiais do Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco.

Em Garanhuns, que deu uma votação expressiva a Lula no pleito presidencial (70% no segundo turno), há uma expectativa positiva com o futuro governo do PT. Numa enquete feita pelo Jornal Marano, políticos, empresários e populares aprovaram os nomes escolhidos pelo presidente para o seu ministério.

Os nomes mais bem recebidos pela população local foram os de Cristóvão Buarque (Educação) e Humberto Costa (Saúde). Este último, quando candidato a governador de Estado, venceu a eleição na Suiça Pernambucana, obtendo 25.924 votos, contra 17.579 de Jarbas Vasconcelos.