COLUNAS

 

COLUNA DE ULISSES

Ulisses Pinto


COLÉGIO QUINZE - Com muito brilhantismo foi comemorado o aniversário de 102 anos do Colégio Presbiteriano 15 de Novembro. No dia 14, houve uma sessão especial da Câmara Municipal de Garanhuns, sob a presidência do vereador Zaqueu Lins, o qual é vice dirigente da Mesa Diretora da Casa Raimundo de Morais.

Pelas 20h30 foi entregue o título de cidadão honorário de Garanhuns a Jule Spack, numa proposta do vereador Givaldo Calado. O professor Spack foi diretor do educandário muitos anos e fez uma bela administração, inclusive na construção de novos edifícios e deu uma nova dimensão aos desportos. O advogado Urbano Vitalino recebeu a homenagem em nome do professor e escritor Jule Spack. O velho homem de Deus e da educaçào cristã, com 81 anos de idade no momento, não pôde comparecer à solenidade.

Presentes muitas autoridades, inclusive o diretor do Colégio Quinze, pastor Edson Dantas, da Quarta Igreja Presbiteriana (pertinho de nossa residênecia). Este recebeu também o título de Cidadão Honorário de Garanhuns, graças ao projeto de resolução do Poder Legislativo de autoria do vereador Zaqueu Lins, por sinal evangélico.

Foi muito aplaudido o discurso do Dr. Urbano Vitalino pelas verdades descritas. Givaldo Calado usou da palavra, como autor do projeto homenageando Jule Spack. Também falou o vereador Zaqueu. O diretor do 15 discursou sobre a comenda recebida, agradecendo o autor do projeto e aos demais vereadores.

Uma bela festa. Apenas lamentamos não terem comparecido todos os vereadores.

Na noite do dia 15, houve culto em ação de graças, na Primeira Igreja Presbiteriana Central, que completou 102 anos no dia 22.01.02. Preesentes os pastores Edson Dantas, Joaquim Cruz, Marcos Almeida, M. Alves Júnior, Ivaldo Calado, Inaldo Peixoto, José Ernando e Edjéce Martins. O ex-aluno do educandário espetacular com sua benditas palavras sobre o preceito bíblico (22.6). "Ensina a criança no caminho em que deve andar e ainda quando for velho não se desviará dele". Foi uma grande lição para os pais nestes momentos difíceis ante essa onda de anticristianismo, de drogas, de vícios entre os habiantes do planeta. Edéjce tem um livro de sua autoria que fala muito da vida do médico americano Dr. Butler e da sua esposa Rena. Esse casal pode-se dizer foi o iniciador entre outros do "15". Temos esse livro ("A Bíblia e o Bisturi) que guardamos com carinho e respeito. Butler está sepultado em Canhotinho.

Muitos falaram sobre o grande dia do aniversário do Colégio, como Inaldo Peixoto, Edson Dantas, Ivaldo Calado, a leitura de uma poesia feita por dona Almerinda, a respeito do seu Quinze. Houve a partição do coral do Inst. Bíblico do Norte, o qual fica nas imediações da rua deputado Aluísio Pinto, em Heliópolis. A ex-aluna Karine, fez parte do culto lendo "Amigo". Houve canto do Hino Nacional, do "Graças Dou" e também de um dos hinos do "15" que termina assim: "Da pátria és um defensor / Um celeiro de sincero amor / Construindo pela fé e com valor / Ao Quinze saudai".

Ocorreu no dia 16, carreata pelo centro da cidade ( "Garanhuns, resgatando o passado e projetando o futuro). Pelas 20:30 horas, houve a eleição da Rainha do Colégio 15 de Novembro, saindo vencedora a jovem estudante do Educandário Maira Pinto Alves, ficando em segundo e terceiro lugar, respectivamente, Drielly Siqueira Correia Silva e Natália Vanessa Pinheiro.

No dia 23, palestra do Dr. Luiz Schetini, do Recife, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti. Aconteceu também a primeira Exposição do Quinze (Feira de Conhecimento Científico do aludido Colégio), na Praça Guadalajara. Até almoço houve para os ex-alunos, dia 17, na quadra Malcon Smith.

Afinal, uma festa alegre, comovente e sentimental, com presença de antigos ex-alunos.

Como "ex-aluno honorário" desse grande Colégio, desta coluna, embora tardiamente, enviamos os nossos cumprimentos aos que fazem o QUINZE e uma lágrima sagrada aos que já faleceram e que deram tudo de sí pelo querido mais antigo tempo de educação, de presbiterianismo e de amor à Garanhuns.


KITTY LOPES - Leiam na sua coluna, assuntos sobre a "Noite das Personalidades", onde o nosso humilde nome aparece no Troféu. Foi um gesto leal, de solidariedade, da bela Kitty Lopes, uma das musas da nossa sociedade.


HONRARIAS - No dia 29 deste, houve entrega de Medalhas (Luiz Souto Dourado e Mons. Adelmar da Mota Valença), assim como oferendas de títulos de cidadania honorária a diversas personalidades, inclusive a Kitty Lopes, Simão Silva, Manoel Neto Teixeira, João Alberto Martins Sobral. O radialista, ex-vereador José Inácio Rodrigues, também ex-prefeito, recebeu a Medalha Luiz Souto Dourado e o Jornalista Ulisses Pinto, a Medalha do Mérito Cultural Monsenhor Adelmar da Mota Valença. Local da sessão solene do Poder Legislativo presidida pelo vereador João Inocêncio Filho, no "Teatro Luiz Souto Dourado", localizado no Centro Cultural de Alfredo Leite Cavalcanti.