POLÍTICA

 

É agora, Lula!

Depois de quatro tentativas, finalmente o petista Luiz Inácio Lula da Silva, 57 anos, conquistou a presidência da República. Natural de Caetés, à época em que nasceu um distrito de Garanhuns, o ex-metalúrgico derrotou José Serra, do PSDB, por uma diferença superior a 20 milhões de votos e entrou para o livro dos recordes como o político mais votado do mundo até hoje. As expectativas criadas com a vitória de Lula são enormes e apesar das dificuldades herdadas da gestão de Fernando Henrique a maioria dos brasileiros está confiante de que o novo presidente do Brasil poderá sair-se bem.

A vitória de Lula, no último dia 27, começou a ser comemorada em Garanhuns tão logo o Ibope e o Data Folha, no mesmo dia da eleição, divulgaram o resultado das pesquisas de boca de urna, pouco depois das 17h. Os populares foram às ruas, soltando bombas da época de São João, fazendo carreatas e promovendo buzinaço. A festa entrou pela noite, tendo o Pólo Heliópolis como o foco mais animado.

Em Caetés, cidade administrada pelo PT de Zé da Luz, a festa foi maior ainda. Um trio elétrico foi colocado no centro da cidade e a multidão tomou inteiramente às ruas para comemorar a ascensão do filho ilustre. Jornalistas dos principais centros do País e do exterior estiveram presentes, com flashes ao vivo até mesmo dentro da programação da Rede Globo.

Lula venceu a eleição em Garanhuns com 34.985 votos (70%), contra 15.017 de José Serra, um dos maiores percentuais do Estado. Na verdade, no domingo da eleição a cidade literalmente se vestiu de vermelho. Senhoras em idade avançada, mocinhas, rapazes, crianças, homens rudes da zona rural e periferia. Uma maioria esmagadora optou por exibir de forma espontânea a cor símbolo do PT, inibindo completamente o verde-amarelo do candidato José Serra.