COLUNAS

 

CORREIO POLÍTICO

Roberto Almeida


O PORQUÊ

Muitas são as explicações para a derrota de Jarbas, Maciel e Sérgio Guerra em Garanhuns. Cada um diz uma coisa diferente e é provável que todos tenham razão.

Vejamos abaixo os motivos para a vitória da oposição, segundo a avaliação de diferentes personalidades da política local:

"Foi a onda Lula" - opinião do prefeito Silvino Andrade e do presidente da Câmara dos Vereadores, João Inocêncio.

"Foi por conta do presídio" - vereador Givaldo Calado, do PPS, que apoiou a candidatura de Aurora Cristina.

"No sábado a pesquisa mostrava que Humberto tinha encostado em Jarbas. Então fomos à rua no domingo pra virar" - deputado eleito Izaías Régis, chamando pra si e seu grupo a grande vitória dos petistas.

"No sítio Paulista e imediações ninguém votou em Jarbas" - Izaac barbeiro, dizendo que a lagoa de merda da Vila Lacerdópolis tirou votos do governador.

"A retirada do ônibus de São Pedro causou uma revolta na população do distrito, que votou contra o prefeito" - de um assessor do prefeito, que não diz o nome para não perder o emprego.

"O povo votou contra Silvino, que no segundo mandato não fez nada pelos pobres da periferia" - José Azevedo, morador do bairro da Várzea.

"O prefeito e o governador perderam por causa da pesquisa da Consulte, que induziu o eleitorado a votar na oposição" - Vereador José Carlos Santos, o Cacau, tirando um "sarro" dos que duvidaram da credibilidade do instituto do colega Audálio Ramos.


MUDANÇA

O prefeito Silvino Andrade fará mudanças no secretariado e no segundo escalão do governo, por conta do resultado da eleição. Os ocupantes dos cargos de confiança serão convidados a pedir demissão e aí o chefe do Executivo resolverá quem merece continuar ou não.


EDUCAÇÃO

Tudo indica que a primeira dama Aurora Cristina, que não quer mais dirigir a área de Assistência Social da prefeitura, ocupará a Secretaria de Educação, substituindo Girlane Santana. Esta poderá ser candidata a vereadora em 2004, mesmo que pela oposição.


BATATA

Além de não se reeleger (ficou na primeira suplência da coligação), Batata ainda corre o risco de perder os votos que teve. É que o PSB entrou na justiça para anular os seus votos (é bom lembrar que o candidato concorreu sub júdice) do parlamentar tucano. Se isso acontecer, Raul Jungman vira suplente e Jorge Gomes assume.


REVELAÇÃO

Padre Carlos André está em Roma, mas votou para presidente da República. Seu candidato foi o petista Lula, que terá novamente seu apoio neste segundo turno.


O BISPO

Depois de passar uns tempos em silêncio, Dom Irineu Roque Scherer resolveu falar. Numa entrevista ao Jornal Marano, revelou ter estado em Roma com o padre Carlos André, que teria lhe garantido não ser candidato a prefeito de Garanhuns. O bispo não concorda com a participação dos padres na política.


CANDIDATOS

A fala do bispo desagradou padre Carlos, que não teria na conversa com dom Irineu descartado o seu projeto político. O ex-paróco da Boa Vista mandou pedir uma cópia da gravação e mais adiante pode dar uma outra versão a essa conversa com o chefe da Igreja local.


REBELIÃO

Apesar do posicionamento do bispo contra os padres disputando mandatos, pelo menos três religiosos são pré-candidatos em 2004: padre Aldo será candidato a prefeito de São Bento do Una, padre Nélson poderá entrar na disputa em Caetés, e padre Carlos insistirá no seu projeto de ser prefeito de Garanhuns. É uma verdadeira rebelião de batinas.


PERGUNTA

Perguntar não ofende: por que a onda Lula não derrotou Jarbas no município de Caruaru?


MEDO

De um vereador ligado ao prefeito Silvino: "Dr. Márcio teve medo de ser candidato a deputado, teve medo de apoiar Romário de peito aberto, mas agora criou coragem para defender as mordomias que tinha na prefeitura para não fazer nada".